Petroleiros

As autoridades portuguesas desconhecem os planos de passagem, ao largo da costa, de um petroleiro russo de casco simples. Um navio, que transporta 50 mil toneladas de fuelóleo e que é semelhante ao malogrado Prestige. A autoridade marítima portuguesa está, por isso, a recolher informações sobre a embarcação e garante que impedirá a entrada em águas portuguesas se não estiverem reunidas todas as condições de segurança.
Muito cuidado porque desta vez, espero bem que não, se calhar a Nossa Srª da Fátima não nos acode...

0 comentários: