Preços

O custo de vida em Portugal será ainda mais elevado, com a subida de preços acima da inflação prevista.
As maiores subidas vão sentir-se nos bens essenciais, como o pão, um produto presente na alimentação dos portugueses e cujo preço vai disparar 35 por cento.
A luz também vai ser mais cara. Os tarifários sobem no pico do Inverno, tanto para os clientes domésticos como para as empresas. A subida é na ordem dos 2 por cento.
Quanto aos automóveis ligeiros, vão ser mais caros entre 10 a 15 por cento, e o valor dos seguros obrigatórios dos carros podem aumentar entre 5 a 7 por cento.
As portagens nas auto-estradas vão crescer 3 por cento.
Mas quem não conduz, também poderá sentir o aumento dos preços. O preço das bandeiradas dos táxis vai subir para os 2 euros durante o dia e os 2,40 euros durante a noite.
As subias mostram que os preços vão crescer a um ritmo superior aos 2 por cento da inflação prevista pelo Governo já para o próximo ano, diminuindo ainda mais o poder de compra dos portugueses.
Deixemos de comer pão, de comprar carros, passemos a andar a pé e voltemos ao tempo das velas!
É este o Portugal que antigamente estava de tanga...

0 comentários: